quinta-feira, 24 de junho de 2010

# 14 - A condição humana


Olá, querido amante do saber! Nesta postagem discorremos sobre a condição humana. Hannah Arendt, na sua obra homônima, afirma que a natureza humana difere da condição humana. Não levamos muito em conta essa diferença e não nos ativemo nesta obra, mas ela serve como leitura sobre tal conceito.

A condição humana é as circunstâncias nas quais o homem é inserido em sua existência. Tais circunstâncias participam da identidade do sujeito.

Listamos algumas nesta filmagem:

1. circunstância social e familiar: o contexto social e cultural onde somos inseridos participa de nossa identidade, assim como a herança comportamental nos imputada pela família.

2. a mortalidade: morreremos, o que causa-nos angústia e impotência.

3. o princípio da escassez: mesmo que tenhamos comida para todos, ela não é distribuída. Disputas e competições derivam disso.

4. a finitude racional do homem: não podemos entender algo contraditório. Não consigo imaginar um quadrado redondo. Nossa razão é limitada pelas leis lógicas.

Participantes:
Anne Lee - estudante de psicologia
Erich - filósofo e estudante de psicologia
Daniel - historiador
Gabriel - filósofo

Parte 1



Parte 2



Parte 3

10 comentários:

  1. Pessoal, sensacional!
    Muito legal essa iniciativa de vocês! Estão de parabéns!
    Esses encontros devem ser muito instrutivos.
    Gostaria de um dia participar, mas odeio cigarro. tem algum dia que seja free of smoke? ;-)

    ResponderExcluir
  2. Alô Roberto! Alguns de nós são fumantes e outros não. Mas, caso venha participar, podemos fazer uma exceção quanto ao cigarro. Moras em Poa? Deixe seu email para que eu te contate combinando o próximo encontro.
    Abraço! : )

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro os vídeos deste blog! Estudo Literatura Francesa, mas a Filosofia me interessa cada vez mais. Vocês não falam de literatura, não? Seria interessante, poucas vezes escutei filósofos (fisicamente) falando de Literatura. Enfim, quanto ao cigarro, eu como fumante, acho ótimo que ainda exista um bar onde fumar é liberado. Aqui em Florianópolis estamos perdidos...

    Abraço! =)

    ResponderExcluir
  4. Parabens pelo blog e pela iniciativa pessoal. Tenho 18 e sou de Brasília, pretendo fazer filosofia aqui na UNB. Muito bacana os assuntos tratados, já acompanho o blog a um tempo, mais é primeira vez que comento. Continuem assim!!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Alô André! Por enquanto, não pretendemos abordar a literatura strictu sensu, a não ser que envolva algum tema específico da filosofia. Assuntos filosóficos na literatura não faltam, certo? Então, em algum momento, iremos abordar tal - magnífica! - área do saber.

    Grande abraço e obrigado pelos elogios!
    Gabriel

    ResponderExcluir
  6. Oi gabriel. Tens algum artigo sobre A Condição Humana de Hanna Arendt? Sou professora de filosofia e gostaria de um artigo que eu pudesse usar na sala de aula com o Ensino Médio. Te agradeço muito.

    ResponderExcluir
  7. Edi,

    http://www.dhnet.org.br/direitos/filosofia/arendt/fioratti_dh_condicao_humana.pdf

    http://pt.wikipedia.org/wiki/A_condi%C3%A7%C3%A3o_humana

    Procure 'a condição humana hannah arendt' no Google que encontrarás mais.

    ResponderExcluir
  8. Além os quais postulam a relação os 3 Fs, me arrisco a emitir o 4º F que resume, invariavelmente, pois: "A felicidade é relativa ao indivíduo que a busca como refúgio causal de sua existência, levando-o a razão primária do espírito suportar a condição humana na terra".

    ResponderExcluir
  9. olá, sou uma estudante de psicologia(Curitiba-Pr), e me interesso muito pelo filosofia. Parabéns pelos vídeos, felicidade minha de tê-los encontrado no ''Boteco'' Filosofia no boteco! Acredito que em meio a tantos ''f's''deveriamos reservar um para a FOME pelo saber(rs). Sem comida a gente não vive.
    Ouso pensar ela(fome pelo saber) ser, insaciável uma vez que provada...e que sua quantidade é aumentada infinitamente.

    ResponderExcluir