domingo, 12 de abril de 2009

Filosofia no boteco #4 - Ética e moral



Abordamos agora um tema prático da filosofia: a ética. Esta é o estudo da moralidade, a qual é a filosofia na ação. O termo latino mos, que deriva o termo moral, e o termo grego ethos, que deriva o termo ética, designam semelhantes conceitos nas suas antiguidades: costume, comportamento, caráter.
Simon Blackburn, no seu excelente Dicionário Oxford de Filosofia, faz uma distinção mais preciosa: ética seria relacionada mais à virtude e à ação virtuosa, que é parte essencial da ética aristotélica; já moral relaciona-se mais à moralidade kantiana, que é ligada a máximas e leis racionais. Abraços a todos e boas reflexões!

Convidados: Anne Lee e Wilhelm (filósofo - UFRGS)

19 comentários:

  1. um lixo.

    não há lugar pra filosofia num boteco. só serve pra estudantes decorebas exporem os dados gorfados pelos professores melancolicos das universidade falidas.

    boteco é a resposta compensatória a uma vida vencida, fraca, aniquilada. é o brasileiro beberrão.

    ResponderExcluir
  2. Concordo que a filosofia séria e acadêmica não tem lugar numa mesa de boteco. Porém, nossa proposta é expor uma filosofia introdutória tanto para estudantes de filosofia como para interessados em geral.

    No mais, agradeço pelos comentários.
    Até a próxima!

    ResponderExcluir
  3. Galera,

    Parabéns, estão colocando a filosofia para leigos, de uma forma fácil de se entender.

    Deveriam expandir esse projeto.

    ResponderExcluir
  4. Caro Zuza, não sei o quanto sabes de filosofia, mas é preciso ter em mente que Sócrates fazia filosofia na praça do mercado, em Atenas. Há espaço pra filosofia em um boteco sim. O que não se pode e nem se deve esperar é o mesmo grau de profundidade especulativa das aulas nas universidades, as quais parece que tu odeias.
    obrigado pelos comentários.

    ResponderExcluir
  5. a FALTAT DA VIRTUDE FAZ FALTA NÉ Sr(a) Zuza?

    ResponderExcluir
  6. Por que haveríamos de "jogar pérolas aos porcos" se eles insistem em digladiar-se por contas de vidro?


    (Socrátes)

    ResponderExcluir
  7. Achei muito interessante a proposta.
    Quem nunca discutiu filosofia, etica, religiao, futebol e outros assuntos no boteco?

    Obs. Qual o bar escolhido ? tem um fixo?

    ResponderExcluir
  8. Caro Alexandre, geralmente é no Carlitos, na Lima e Silva, entre a Perimetral e André da Rocha.

    ResponderExcluir
  9. Achei um saco esse barulhao de fundo.

    Não dá pra assistir os videos por muito tempo.

    Recomendo vcs fazerem isso em um boteco vazio, ou em casa, pra ter um melhor audio.

    Um tripé tb cairia bem. Só dicas, já que a idéia é boa.

    ResponderExcluir
  10. Oi Michelle: temos pensado em tudo isso que disseste, o tripé está a caminho, mas a idéia é fazer o programa no boteco mesmo, estamos procurando maneiras de minimizar o barulho.
    obrigado, um abraço.

    ResponderExcluir
  11. Rapaziada, ainda não tinha assistido os vídeos 3 e 4. Acho que houve uma evolução bem bacana, até porque vocês estão começando a se familiarizar com o formato. Gostei muito, sobretudo porque estes últimos temas, quais sejam a religião, o conceito de Deus e a moral/Ética me são bastante caros.
    Com respeito ao papel da razão na Ética de Hume, me parece que a razão tem um papel secundário em relação às emoções (que são a base da moral humeana) mas ela não deixa de aparecer, pelo menos como instrumento nas escolhas e ações humanas.
    Com respeito à Ética kantiana, parece-me que a razão, ainda que nos forneça o imperativo categórico em razão do dever(do qual os seres racionais finitos estão submetidos), não descarta a função das emoções, ainda que não sucumba aos seus designios. A origem da escolha e por consequencia tem de ser racional, mas existe também o papel da adesão (ou aquiescência da vontade)que não deve ser esquecida.
    Por fim, queria dizer que fico muito feliz com uma proposta como esta que vocês estão realizando via youtube. Vida longa a este projeto de vocês e que vocês nos brindem com novas discussões filosóficas.
    Abraços a todos,
    Débora

    ResponderExcluir
  12. Ah, em tempo: eu acho o "Filosofia no Boteco" muito melhor que o "CAfé filosófico"... blé!

    ResponderExcluir
  13. Olá Débora!
    Estamos muito gratos pelos teus comentários. Em breve exibiremos o quinto video. beijo.

    ResponderExcluir
  14. "boteco é a resposta compensatória a uma vida vencida, fraca, aniquilada. é o brasileiro beberrão."

    Não vi ninguém bêbado ali... No mais, se todo "beberrão" discutisse esse tipo de assunto, o mundo seria muito diferente (muito provávelmente para melhor).

    ***

    Sobre o assunto discutido, vale lembrar que para muitos filósofos gregos, principalmente Sócrates e Epicteto, a razão não era pura e simplismente a racionalidade como a entendemos hoje:

    "Acostumamos a interpretar esse termo como uma analogia a racionalidade e inteligência do ser humano, porém em sua origem, no logos grego, ele significava algo a mais (retirado da Wikipedia): "significava inicialmente a palavra escrita ou falada - o Verbo. Mas a partir de filósofos gregos como Heráclito passou a ter um significado mais amplo. Logos passa a ser um conceito filosófico traduzido como razão, tanto como a capacidade de racionalização individual ou como um princípio cósmico da Ordem e da Beleza". Essa interpretação do logos como "uma razão conectada ao Cosmos" atinge seu ápice na filosofia estóica, que infelizmente foi apropriada e deturpada pela igreja cristã."

    http://textosparareflexao.blogspot.com/2009/05/10-razoes-para-ser-cristao.html

    ResponderExcluir
  15. Parabéns pela idéia e originalidade! Adorei e com certeza voltarei mais vezes aqui.

    ResponderExcluir
  16. PARABÉNS PELA INICIATIVA!!!
    Virei ouvinte fiel...
    Não se preocupem com detalhes como barulhos, tripés, etc. o importante é filosofar. o importante é a coruja entrar em ação...

    MAS...
    só uma sugestão combinem tópicos para as discussões, pois fiquei muito aflito pensando que o Gabriel não iria conseguir completar suas enumerações das correntes da Moral&Ética, pois a empolgação é muita... até eu me vejo tentado a interromper com comentários ou perguntas.
    Luciano

    ResponderExcluir
  17. Zuza, e você, o que faz da vida?
    Quantos videos melhores do que este você tem?

    ResponderExcluir